A qualidade dos vinhos brancos catarinenses

A qualidade de um vinho branco se baseia em suas características sensoriais, visuais, aromáticas e gustativas, que tem sua origem no terroir que por sua vez é regido pelo clima, solo, planta e fator humano.

Em Santa Catarina o clima dos locais de altitude imprime características marcantes principalmente nos aromas e no equilíbrio gustativo.

Os locais mais elevados, acima do nível do mar onde as videiras são cultivadas, apresentam uma oscilação entre as temperaturas do dia e da noite, chamada amplitude térmica, e esta variação proporciona nas uvas uma maturação completa e o surgimento de substâncias precursoras de aromas que são liberadas na vinificação de altíssima tecnologia utilizadas pelas vinícolas catarinenses.

Com as uvas maduras e uma fermentação em baixas temperaturas, a liberação e a manutenção dos aromas primários conduzem ao próximo e importantíssimo item de avaliação da qualidade. 

Características a serem identificadas

Os aromas florais e frutados de boa intensidade são muito agradáveis e fazem sua parte no conjunto qualitativo dos vinhos catarinenses brancos de altitude.

As apreciadas características gustativas dos vinhos catarinenses são devidas em parte a influência climática e em parte às tecnologias empregadas.

O clima faz sua parte graças às baixas temperaturas noturnas no momento da maturação, as quais impedem a degradação do ácido málico, praticamente inexistente em climas quentes. 

A presença de ácido málico proporciona uma sensação de frescor altamente apreciada no complexo gustativo. Por outro lado, a obtenção de delicadeza ao paladar é obtida graças à alta tecnologia empregada no esmagamento e prensagem das uvas, que permite obter o mosto sem trazer consigo taninos que deixariam os vinhos amargos e adstringentes.

Um dos fatores que também somam em benefício da qualidade são as variedades utilizadas em Santa Catarina, principalmente a Sauvignon Blanc, que entre outras, se adapta perfeitamente ao clima e solo local, propiciando uma maturação completa, um bom teor alcoólico, e com isso obtém mais facilmente os precursores de aromas e a acidez  desejada.

Os diversos prêmios alcançados pelos vinhos brancos Catarinenses em concursos nacionais e internacionais e a aprovação dos consumidores tem o aval e a explicação na boa combinação entre os fatores que compõem o terroir Catarina para os vinhos brancos.

Para continuar recebendo conteúdos como este, sobre vinhos e espumantes, assine nossa newsletter e fique por dentro!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin