Vinhos e inverno: uma harmonização perfeita

Dias mais escuros, roupas mais pesadas e a casa quentinha para aproveitar o momento. A época mais fria do ano chegou, e nada melhor que aproveitar com uma boa taça de vinho ao lado. O vinho é a combinação perfeita para o inverno, seja em companhia de pessoas queridas, ou sozinho, dentro de casa.

No inverno, o vinho torna tudo mais aconchegante e prazeroso, despertando momentos de relaxamento a qualquer hora do dia. E, com algumas dicas de ouro, o inverno pode ficar ainda mais gostoso com seu vinho preferido.

Vinho e inverno: a combinação perfeita

Depois de um dia intenso de trabalho, ninguém quer nada além de poder chegar em casa e relaxar, certo? Tirar os sapatos, acender a lareira, abrir a página do livro onde a história foi interrompida e apreciar uma boa taça de vinho.

Essa é uma das cenas mais procuradas pelos amantes de vinho nos dias frios e escuros do inverno. A sensação de prazer e o descanso para o corpo, para a alma e para a mente são talvez os principais motivos dessa busca.

Algumas pessoas são simplesmente apaixonadas pelo inverno. Outras, porém, não conseguem se acostumar com os dias mais gelados. Contudo, independentemente da preferência da estação, fato é que todos amam um bom vinho.

O clima do inverno é extremamente convidativo para partilhar com os amigos momentos especiais como um jantar, para abrir e apreciar uma garrafa de vinho. Ou então, para preparar sopas ou caldos deliciosos para a pessoa amada, e juntos apreciarem o sabor da bebida.

Mas, se você é daqueles que gosta de curtir o momento de maneira isolada e solitária, o vinho é a indicação perfeita. Ele é a companhia ideal para quem procura apenas descansar e aproveitar um momento mais intimista.

O consumo de vinho aumenta no inverno. Saiba por quê: é inegável que no inverno a gente procura aconchego e acolhimento, certo? E como encontramos esse afago atraente e acolhedor? Bem, são inúmeras as maneiras indicadas, e você pode tentar algumas delas para inovar a rotina.

  • Viajar para a montanha e estâncias climáticas com o(a) parceiro(a);
  • Inovar na cozinha e arriscar pratos mais elaborados;
  • Reunir os amigos em casa para um programa mais íntimo e exclusivo;
  • Explorar novos sabores de vinho, conhecer texturas especiais e aromas diferentes.

À procura desse aconchego e de sensações mais acolhedoras, no frio procuramos alternativas reconfortantes. A ingestão de mais alimentos, de preferência mais pesados e quentes e de doces são algumas tentativas.

Além disso, temperaturas mais baixas nos convidam a usar mais roupas e encontrar um cantinho de abrigo em casa. Neste mesmo sentido, a busca pelo vinho aumenta durante o inverno. A bebida proporciona um alento importante para abrandar o frio, já que ajuda a esquentar o corpo e a relaxar.

É o que ocorre com as pessoas que vivem nos países mais gelados do mundo, onde o inverno é rigoroso. O consumo de álcool é elevado entre as populações da Rússia e da Escócia, por exemplo. E entre os principais consumidores de vinho no mundo, estão Portugal, França e Itália, no gelado continente europeu.

A bebida alcoólica tem o efeito vasodilatador, relaxando os músculos internos dos vasos sanguíneos. Esse resultado traz uma sensação reconfortante e de profundo prazer e descaso.

Mas além destas questões, o próprio sabor e a textura dos vinhos mudam conforme o clima no qual a uva se desenvolve.

Basicamente, as uvas que se desenvolvem em regiões de clima quente costumam proporcionar bebidas mais doces. Esse tipo de vinho apresenta características mais frutadas e com menor acidez. Já as uvas que crescem em locais de clima frio, geralmente geram vinhos com mais acidez, rusticidade e menos dulçor.

Tipos de vinhos mais indicados para serem consumidos no inverno

Mas vale destacar que o vinho não é uma bebida típica do inverno, apenas, podendo ser consumida em todas as estações do ano. Dos dias mais frios do inverno aos mais quentes do verão, é sempre bom apreciar um vinho.

Se no calor espumantes e vinhos brancos são as opções mais indicadas, no inverno o vinho tinto é o protagonista. Com esse tipo de vinho muitas combinações são possibilitadas, tornando todas as ocasiões mais especiais.

Em primeiro lugar, o inverno é uma boa hora para testar novas opções, texturas e sabores. É nesta época do ano que podemos refinar os nossos gostos pela bebida, e procurar rótulos especiais e mais encorpados.

Nesta época do ano, o vinho tinto pode ser consumido em temperatura ambiente, entre 16ºC e 18°C. Entretanto, se o local em que você se encontra estiver aquecido, é importante lembrar de refrigerar a bebida normalmente.

Sendo assim, vamos destacar quatro tipos de vinhos que podem ser apreciados nesta época do ano.

  1. Vinho tinto Cabernet Sauvignon/Merlot
  2. Vinho tinto Merlot
  3. Vinho tinto Pinot Noir
  4. Vinho tinto Gran corte
  5. Vinho tinto iMorTali – bônus

O Vinho tinto Cabernet Sauvignon/Merlot é uma das opções ideais para aproveitar o inverno. A Vinícola Santa Augusta conta com a linha Tapera de vinhos jovens, frescos e elegantes. Elaborado a partir das uvas Cabernet Sauvignon (70%) e Merlot (30%), provenientes de vinhedos próprios. Os vinhos estão localizados a uma altitude de 1000 metros acima do nível do mar.

Já o Vinho tinto Merlot  traz toda a elegância das noites frias em companhia de amigos e familiares. A Vinícola Santa Augusta tem o prazer de apresentar o vinho tinto Merlot Maestria, elaborado 100% com uvas do tipo Merlot. Cuidadosamente selecionadas, o amadurecimento dessas uvas se dá em barricas de carvalho francês durante o período de 8 meses.

O Vinho tinto Pinot Noir vai acalentar os dias gelados do inverno, acompanhando refeições finas e deliciosas. A linha Fenice da Vinícola Santa Augusta elabora este vinho com a vinificação integral ocorrendo em tanques de aço inoxidável e parcialmente matutadas em barricas de carvalho. Ao longo de todo o processo, a temperatura é mantida sob controle.

Por fim, apresentamos o vinho tinto iMorTali, uma exclusividade da Santa Augusta. Perfeito para as noites de jantares com pratos elaborados. iMorTali é a representação máxima da longevidade e da força do vinho mais expressivo da Vinícola Santa Augusta.

Vinho branco no inverno? Pode!

E se falamos das delícias que o vinho tinto provoca no inverno, essa estação também permite degustar vinhos brancos. O Chardonnay é uma excelente opção para quem não abre mão dos brancos mesmo no clima frio. Para apreciar a bebida da melhor maneira, a temperatura ideal é na faixa dos 8ºC a 10°C.

Na Santa Augusta temos o Vinho branco Chardonnay Fenice, elaborado com a variedade Chardonnay (100%) a partir de uvas selecionadas. Seu processo acontece com a fermentação do vinho 50% em barricas de carvalho francês e 50% em tanques de inox com temperatura controlada.

E para o dia-a-dia, a linha tapera da Santa Augusta traz o delicioso Vinho branco Chardonnay. Elaborado a partir de uvas provenientes de vinhedos especiais, o processo de vinificação desta bebida acontece com controle de temperatura. Após a fermentação, o vinho permanece em contato com as borras finas por um período para ganhar estrutura e volume na boca.

Sugestões de harmonização para esta época do ano

Os vinhos tintos são a opção certa para tornar um dia gostoso de inverno. Seu grande corpo, acompanhados de taninos refinados e boa acidez, fazem com que sejam os rótulos preferidos nesta época do ano.

Queijos, massas, pizzas, pratos mais pesados e elaborados, fondues e outras opções são ideais para acompanhar a bebida. Presentes nos vinhos tintos, os taninos contribuem com o organismo na dissolução da gordura dos alimentos, facilitando a digestão.

O Cabernet Sauvignon/Merlot Tapera, por exemplo, combina com cordeiro, carne vermelha, aves e coelho. Mas ele é um vinho excelente se a sua preferência for por massas, risotos, queijos brancos e maturados.

O vinho tinto Merlot Maestria faz o casamento perfeito com carnes suína e bovina, aves, coelho, feijoada e pratos à base de bacalhau. Massas condimentadas com molhos de carne, queijos brie e camembert também são ótimas opções de harmonização.

Agora, para quem não abre mão de peixes em geral, camarão, crustáceos e culinária japonesa, o indicado é o Vinho tinto Pinot Noir. Ele também harmoniza muito bem com carnes brancas e comidas leves em geral para o dia-a-dia.

Já o iMorTali é uma ótima opção para acompanhar carnes vermelhas, aves, caças, massas, molhos e queijos de sabor intenso.

E você? Já escolheu o seu vinho Santa Augusta para aproveitar o inverno da maneira mais gostosa e aconchegante? Confira todas as opções de vinhos disponíveis para você em nosso catálogo, na aba exclusiva do nosso site.

Compartilhe

Receba nossas últimas notícias e ofertas especiais direto no seu email.

qualidade

Garantida

entrega rápida

Em até 7 dias úteis

ATENDIMENTO

Especializado

SEGURANÇA

Na compra