Você sabe qual a temperatura para beber vinhos e espumantes? | VSA

Você sabe qual a temperatura para beber vinhos e espumantes?

Poder beber um vinho ou um espumante é algo muito prazeroso, ainda mais agora que o verão já se foi e estamos em pleno outono, uma estação eleita por sommeliers e amantes dessas bebidas como o melhor momento do ano para degustação e harmonização, tanto com preparos culinários, quanto em ocasiões especiais, com amigos, familiares ou o par romântico.

Embora se trate de bebidas especiais e relativamente populares, é preciso ter em mente que esses vinhos e espumantes são cercados de mistérios e dúvidas no que diz respeito ao seu processo de degustação.

A principal dúvida que acomete muita gente é a temperatura ideal para se beber vinhos e espumantes. Foi pensando nisso que esse conteúdo foi elaborado. Se você tem dúvida com relação a temperatura para beber vinhos e espumantes, não deixe de conferir o artigo a seguir.

A importância da temperatura

Um aspecto fundamental na hora de se lograr êxito para servir e degustar vinhos e espumantes é a temperatura ideal para cada estilo, uma vez que se trata de um fator que atua de maneira direta na liberação de aroma e percepção de sabores de ambos os tipos de bebidas.

Entretanto, infelizmente esse assunto não recebe a atenção merecida e muitas pessoas acabam por não extrair todo o potencial de bebidas que foram produzidas com tanto alento e carinho.

Existe uma antiga norma de que vinhos devem ser servidos sob temperatura ambiente, no entanto, ela nem sempre é válida, principalmente quando se vive em países de clima tropical, onde ocorrem elevadas temperaturas e as bebidas não são armazenadas em salas climatizadas ou então adegas específicas.

Com isso, é necessário tomar cuidado às temperaturas de vinhos e espumantes, buscando sempre ajustes necessários no momento de servir essas bebidas em temperaturas mais adequadas ou então, buscar por um valor que seja o mais próximo possível do adequado.

Aspectos destacados ou prejudicados pela temperatura em vinhos e espumantes

Vinhos e espumantes podem ter alguns aspectos destacados ou prejudicados pela temperatura em que são servidos. Dentre os principais é possível citar:

  • Aroma;
  • Corpo;
  • Doçura;
  • Tanicidade.

Vamos falar um pouco sobre cada um desses aspectos.

Aroma

Também chamado de perfume, o aroma ou a olfação de um vinho é facilitada em temperaturas altas e diminuída em temperaturas baixas.

Corpo

O olfato é suscetível aos vapores e aos vinhos considerados mais encorpados. Por esse motivo, vinhos tintos devem ser degustados em temperaturas mais altas e espumantes em temperaturas mais baixas, que influenciam na corporização dessas bebidas.

Doçura

A doçura é outro composto totalmente modificável pela temperatura, sendo acentuada no calor e amenizada no frio.

Tanicidade

Por fim temos a tanicidade. A tanicidade é o teor presente de taninos na composição do vinho. Quanto mais baixa for a temperatura, mais evidente o tanino se tornará. Em temperaturas mais baixas, esse aspecto da bebida pode se tornar desagradável.

Temperaturas adequadas para beber vinhos e espumantes

Pensando em proporcionar uma ótima experiência de degustação, separamos as classes de bebidas de acordo com suas melhores temperaturas para consumo.

  • Os espumantes, dos mais variados tipos, indo do mais seco, o Nature ao mais doce, o Moscatel devem ser servidos em temperaturas de 6º C.
  • Vinhos brancos são melhores apreciados quando degustados sob temperatura de serviço variando entre 6º e 12º C.
  • Vinhos rosés tem sua temperatura ideal variável entre 6º e 8º C.
  • Vinhos tintos leves possuem melhor qualidade de paladar entre 14º e 16º C.
  • Já os vinhos tintos encorpados e fortificados, devem ter uma temperatura de serviço entre 16º e 18º C.

Uma dica interessante falando em vinhos, é não servir nenhuma bebida dessa natureza em temperaturas superiores à 20ºC, pois a evaporação do álcool nessas condições seria intensa e pouco agradável.

Já nos espumantes, por conta de seus processos de produção, as temperaturas devem ser baixas, por enaltecer os aromas. É sempre preferível gelar os espumantes em baldes, pois essa prática evita que a rolha seja resfriada, o que impediria a abertura da garrafa.

A Santa Augusta tem os melhores vinhos e espumantes

Agora que você já conhece as temperaturas ideais para os diferentes tipos de bebidas, é hora de escolher uma bebida de qualidade para apreciar.

Em nossa loja é possível encontrar vinhos, espumantes e kits exclusivos de bebidas produzidas com rigoroso controle de qualidade, além de muito apreço e carinho por pessoas que realmente dominam a arte da vinicultura. Acesse nossa loja online, compre a sua favorita e consuma de acordo com a temperatura recomendada em nosso conteúdo.

Depois de aprender tudo sobre temperaturas ideais para beber vinhos e espumantes, não guarde essa informação, compartilhe esse conteúdo com seus amigos para que mais pessoas também aprendam e possam consumir e apreciar bebidas de qualidade da forma mais correta e prazerosa possível.

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba nossas últimas notícias e ofertas especiais direto no seu email.

qualidade

Garantida

entrega rápida

Em até 7 dias úteis

ATENDIMENTO

Especializado

SEGURANÇA

Na compra